Bandeira Azul Brasil realiza a primeira cerimônia nacional de entrega da premiação

Evento aconteceu no último dia 11 de novembro, em Niterói, e premiou 29 praias e 11 marinas brasileiras para a temporada 2022/2023

No último dia 11 de novembro, o Programa Bandeira Azul Brasil realizou a primeira cerimônia presencial de entrega da Bandeira Azul para praias e marinas que comprovaram o cumprimento dos critérios estabelecidos pelo programa. O evento foi realizado no Guarderya Beach Club, no município de Niterói – RJ, e contou com a presença de gestores de praias e marinas, prefeitos e secretários de turismo e de meio ambiente, representantes de prefeituras de diversas partes do país e da coordenadora-geral de turismo responsável do Ministério do Turismo, Rafaela Lehmann. No total, 40 locais foram premiados com a Bandeira Azul, sendo 22 deles no estado de Santa Catarina. 

“Estamos muito honrados de receber em Niterói os representantes dos municípios brasileiros que se destacaram na gestão sustentável de praias e marinas. O evento foi memorável, com a reunião de cidades que investem em políticas públicas nas áreas de preservação e educação ambiental e deixam um legado para as futuras gerações”, afirmou Rafael Robertson, Secretário Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade de Niterói.

Além da certificação de praias e marinas que cumpriram os critérios estabelecidos pela coordenação, houve também a entrega do prêmio de destaque em educação ambiental, condecorando os melhores trabalhos e atividades realizadas na temporada passada. Neste, Santa Catarina também se destacou levando três prêmios. A Praia Grande, em Governador Celso Ramos, recebeu destaque pelo conjunto de atividades. A Marina Tedesco, de Balneário Camboriú, e o município de Bombinhas, receberam o destaque de educação ambiental por atividades individuais com “Rio Camboriú: beleza oculta, poluição aparente” e “Intervenção artística: o mar começa aqui”, respectivamente. 

O principal objetivo do Programa Bandeira Azul é conscientizar a sociedade, empresários do segmento náutico e gestores públicos quanto à necessidade de proteger ambientes marinhos e costeiros, incentivando a realização de ações com foco em gestão, qualidade, proteção e educação ambiental. Para se qualificar para o Prêmio Bandeira Azul, uma série de critérios devem ser atendidos, mantidos e comprovados anualmente. 

Para Ricardo Haponiuk, Coordenador do Sistema Costeiro e Marinho da ANAMMA e presidente do Júri Nacional Bandeira Azul, a Bandeira Azul é um laboratório para o município fortalecer a sua gestão ambiental no território dos municípios. “Neste ano tivemos um aumento de 42% de locais premiados, em comparação ao ano passado, e estamos felizes com esse resultado, pois praias com Bandeira Azul são praias com acessibilidade, segurança e balneabilidade. É bom para o meio ambiente, para o turismo e para o país”, afirma.

Regis Amadeu, Chefe de Departamento da Sobrasa e também membro do Júri Nacional Bandeira Azul, cita a importância do critério de salvamento aquático estar incluído nos critérios do programa. “Ter uma Bandeira Azul significa que o visitante vai desfrutar de um ambiente guardado e patrulhado por guarda-vidas, o que garante mais segurança para os banhistas. Uma praia Bandeira Azul preza pela segurança os frequentadores”, aponta.

De acordo com Rafaela Lehmann, Coordenadora-Geral de Turismo Responsável, e membro do Júri Nacional do Programa Bandeira Azul, a Bandeira Azul é uma boa prática nacional que o Ministério do Turismo reconhece há algum tempo. “Para o Ministério do Turismo é uma grande satisfação ver como o número de praias e marinas certificadas está crescendo no país, com cada vez mais locais preocupados com o turismo sustentável, que são agraciadas através deste selo reconhecido internacionalmente”, conclui. 

Rafaela Lehamann, Coordenadora-geral de Turismo Responsável do Ministério do Turismo, discursa sobre a importância do Programa Bandeira Azul e do Projeto Orla na proteção de ambientes marinhos e costeiros | Crédito de fotografia: Claudio Fernandes

Confira a lista de praias e marinas premiadas na temporada 2022/2023: 

Renovações:

●         Praia do Tombo – Guarujá, SP

●         Praia da Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, Salvador – BA

●         Praia Grande, Governador Celso Ramos – SC

●         Praia do Peró, Cabo Frio – RJ

●         Praia do Estaleiro, Balneário Camboriú – SC

●         Praia do Estaleirinho, Balneário Camboriú – SC

●         Praia de Piçarras – Balneário Piçarras – SC

●         Praia de Guarajuba, Camaçari – BA

●         Praia de Itacimirim, Camaçari – BA

●         Praia de Quatro Ilhas, Bombinhas – SC

●         Praia de Mariscal, Bombinhas – SC

●         Praia da Conceição, Bombinhas – SC

●         Prainha, São Francisco do Sul – SC

●         Praia do Forte, São Francisco do Sul – SC

●         Praia Grande, Penha – SC

●         Praia da Bacia da Vovó, Penha – SC

●         Praia da Saudade, Penha – SC

●         Praia da Sereia, Vila Velha – ES

●         Praia do Sossego, Niterói – RJ

●         Praia do Patacho, Porto de Pedras – AL

Primeira temporada:

●         Lagoa do Peri, Florianópolis – SC

●         Praia de Itaúna, Saquarema – RJ

●         Praia do Cerro, Barra Velha – SC

●         Praia do Sol, Barra Velha – SC

●         Praia do Forno, Armação de Búzios – RJ

●         Praia de Taquaras, Balneário Camboriú – SC

●         Praia do Cumbuco, Caucaia – CE

●         Praia Grande, São Francisco do Sul – SC

●         Praia do Ervino, São Francisco do Sul – SC


Marinas indicadas para a temporada 2022/2023:

Renovações:

●         Marina Costabella, Angra dos Reis – RJ

●         Marinas Nacionais, Guarujá – SP

●         ICSC, Florianópolis – SC

●         Marina Kauai, Ubatuba – SP

●         Tedesco Marina – Balneário Camboriú – SC

●         Marina Itajaí, Itajaí – SC

Primeira temporada:

●         Voga Marine, Ubatuba – SP

●         Iate Clube de Santos, Angra dos Reis – RJ

●         Iate Clube de Santos, Guarujá – SP

●         Marina da Conceição, Florianópolis – SC

●         Yacht Clube da Bahia, Salvador – BA


Matheus Bonfim – Comunicação Bandeira Azul Brasil